DESTAQUE

Bandas que fazem história na música de Pernambuco

Impulsionadas pela explosão do rock no mundo, na década de 60, grupos musicais foram surgindo em Pernambuco para atuar no Rádio e na TV. ...

sexta-feira, 15 de maio de 2020

Teatro Santa Isabel: Um marco na história das artes em Pernambuco

Maio de 2020. O Teatro Sana Isabel completa 170 anos de existência. Um marco na Historia das artes em Pernambuco. Localizado no centro da cidade do Recife, ladeado pelo Palácio da Justiça e pelo Palácio do Governo, na Praça da Republica, o Santa Isabel é um exemplo da arquitetura neoclássica do Século 19. Nas suas instalações ocorreram episódios importantes da Historia do Brasil.  O teatro recebeu visitantes ilustres como o Imperador Dom Pedro II, foi palco da campanha abolicionista de Joaquim Nabuco e nele o poeta Castro Alves conheceu o seu grande amor Eugenia Câmara.           

Foi o primeiro teatro brasileiro projetado por um engenheiro civil - Louis Léger Vauthier. A idéia de construir a obra foi do então presidente da província de Pernambuco, Francisco do Rego Barros, barão, visconde e depois Conde da Boa Vista. Durante todo o tempo da construção foi chamado de Teatro de Pernambuco. Só pouco antes de sua inauguração em 18 de maio de 1850, o seu nome foi mudado para  Teatro de Santa Isabel em homenagem à Princesa Isabel, filha do Imperador Pedro II.              

O teatro já passou por várias refomas, inclusive uma em 1869 quando um incêndio quase o destruiu.              

Em 1949 foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), como propriedade da Prefeitura do Recife. Em  2000 foi iniciada uma outra reforma que exigiu intervenções para assegurar a preservação do prédio, retomar algumas feições originais, dar mais segurança aos seus freqüentadores e mais espaços e recursos para a realização dos espetáculos.          

      

O Santa Isabel é um monumento que atrai turistas e tem sido palco de importantes encenações no âmbito das artes clássicas e populares, sendo considerado um patrimônio estimado por todos os pernambucanos.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário